Dor nas Articulações – O que pode ser?

As articulações são estruturas que interligam os ossos do corpo humano, permitindo a realização de movimentos como, por exemplo, caminhar e sentar. Sentir dor nas articulações dos joelhos, braços, quadril, pés e mãos é bastante incômodo, além de ser comum entre pessoas de diferentes idades. As causas variam de acordo com com o histórico de cada caso, e muitas vezes podem ser acompanhadas de sintomas que indicam maus hábitos ou doenças.

Pessoa com dor nas juntas da mão

Identificar a dor nas articulações é uma tarefa muito fácil, afinal, você está sentindo um desconforto ao exercer simples movimentos. No entanto, identificar a origem do problema em si é uma tarefa um tanto quanto complicada, mas que pode ser feita através da percepção dos seguintes sintomas:

  • Inchaço na área ou áreas afetadas;
  • Formigamento;
  • Dor ao fazer força em atividades físicas;
  • Vermelhidão;
  • Febre;
  • Fadiga;
  • Dificuldade para levantar da cadeira;
  • Limitação de movimento;
  • Dormência.

Depois de fazer uma análise para descobrir se possui os sintomas citados, você deve ter em mente que se a dor permanecer por um longo período de tempo, é preciso que ela seja tratada por um médico especializado de acordo com a sua causa. O diagnóstico pode ser feito por:

  • Clínico geral;
  • Ortopedista;
  • Reumatologista.

O que causa as Dores nas Articulações?

Casos de dor nas articulações

O desgaste da cartilagem ou rompimento de ligamentos podem ser os motivos para as dores, assim como diversas doenças e traumas desenvolvidos durante a vida da pessoa. É mais comum surgir em pessoas de idade avançada, ou que praticam atividades físicas em excesso, mas é possível que pessoas sem essas condições também desenvolvam dores articulares. As principais causas são:

Artrite Reumatoide

Essa doença autoimune é caracterizada pela inflamação crônica nas articulações sinoviais, causando dor nas juntas dos joelhos, quadril e pés. Os sintomas podem ser acompanhados de inchaço e rigidez ao acordar pela manhã. O diagnóstico e tratamento devem ser feitos por um reumatologista, que vai indicar os medicamentos adequados.

Artrose ou Osteoartrite

A artrose ou osteoartrite é uma doença progressiva e sem cura que atinge a cartilagem que cobre os ossos, afetando principalmente os membros que sustentam o peso, como os joelhos e o quadril. Em casos mais graves, o desgaste da cartilagem pode fazer com que os ossos entrem em contato um com o outro, gerando uma dor intensa e limitando os movimentos.

Lúpus

O lúpus é uma doença autoimune inflamatória que é caracterizada por dores e inchaço nas articulações, febre, mal estar, manchas avermelhadas na pele e feridas bucais. O tratamento deve ser feito sob consulta de um reumatologista, que irá indicar medicamentos que controlam a produção e ação dos anticorpos que atacam o organismo.

Artrite Séptica

A Artrite Séptica é uma inflamação que atinge os líquidos e tecidos das articulações, causando inchaço e dor intensa na área afetada. Geralmente é transmitida através de bactérias, vírus ou fungos que se espalham pela corrente sanguínea ou quando em contato com alguma infecção perto da articulação. Em alguns casos, o tratamento deve ser iniciado imediatamente após a suspeita da infecção, pois ela pode destruir as cartilagens das articulações.

Gota

A artrite gotosa ou gota é uma doença autoimune causada pelo alto consumo de proteínas, que acaba fazendo com que a produção de ácido úrico no sangue seja maior. Os sintomas são de dor nas articulações do pé, que se espalha para outras regiões, além de vermelhidão e suor nas áreas afetadas. O tratamento deve ser realizado a partir do diagnóstico dado por um reumatologista, e os medicamentos indicados poderão reduzir a dor a partir de 12 horas após o uso.

Traumas

Se você sofreu com um trauma nas articulações no passado, provavelmente essa será a causa do seu problema agora. Lesões e fraturas causadas pela prática incorreta de exercícios físicos, por exemplo, podem continuar causando incômodo mesmo anos após o tratamento.

Mas por que isso acontece?

Os motivos nem sempre são por maus hábitos, como excesso de peso ou falta de alongamento antes das atividades. Às vezes, o corpo simplesmente não se recupera totalmente ao ponto de exercer novas atividades.

Como Tratar a Dor nas Articulações?

Se a dor em qualquer articulação durar por mais de dois dias, ou ser acompanhada de algum outro sintoma citado anteriormente, você deve procurar um dos profissionais indicados. Apenas o médico especializado poderá fazer os exames e apresentar o diagnóstico. Na espera pelos resultados, ele provavelmente irá recomendar o uso de analgésicos para controlar a dor. Já o tratamento após o diagnóstico será realizado conforme a causa das dores, podendo ser indicado a fisioterapia.

Mulher consultando com um reumatologista

Três Exercícios para reduzir a Dor nas Articulações em casa

Alguns exercícios podem ajudar quem sofre de dores nas articulações após as atividades do dia-a-dia. Eles podem ser realizados de forma prática no conforto de sua casa.

1 – Elevação do calcanhar

  1. Fique em pé atrás de uma cadeira e use o encosto para se apoiar;
  2. Levante a perna direita atrás de você e dobre o joelho em um ângulo de 90°;
  3. Levante o calcanhar da perna esquerda até ficar nas ponta dos pé;
  4. Mantenha a posição por pelo menos 5 segundos;
  5. Após os 5 segundos, abaixe o calcanhar até o chão;
  6. Faça 10 repetições com essa perna, levantando e abaixando o calcanhar;
  7. Repita o movimento com a outra perna.

2 – Na ponta dos pés

Caminhe na ponta dos pés rapidamente. Esse exercício irá fortalecer as panturrilhas e os pés, além de melhorar a postura e aliviar a dor nas costas. Deve ser feito por pelo menos 10 minutos por dia.

3 – Círculo com os tornozelos

  1. Levante a perna esquerda enquanto estiver sentado ou em pé;
  2. Comece a girar o pé esquerdo em movimentos circulares;
  3. Faça o movimento por 10 vezes no sentido horário e 10 vezes no sentido anti-horário;
  4. Repita o exercício com o pé direito.

 

Fontes:

http://files.bvs.br/upload/S/0103-5894/2010/v29n1/a006.pdf

http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1646-107X2007000100008

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *